IRFUP apresenta levantamento topográfico para as famílias do Núcleo Tomé de Souza

Na manhã do último domingo, 01.10.2017, o Instituto de Regularização Fundiária Urbana e Popular – IRFUP, apresentou os resultados do processo de cadastramento social e do levantamento topográfico do Núcleo Tomé de Souza.

Foi com muita surpresa e concentração que as mais de 90 famílias do Núcleo Tomé de Souza na Vila Nogueira em Diadema participaram da assembléia realizada pelo IRFUP e a TOPSER para a apresentação dos resultados dos trabalhos realizados desde agosto de 2017, quando foi iniciado o processo para a regularização dos lotes da área de 7.783 metros quadrados.

A assembléia realizada no Centro Comunitário do Núcleo Tomé de Souza, revelou dados desconhecidos pelos moradores da área até então. Uma das surpresas, foi o fato do cadastro ter revelado que na área possuem mais mulheres do que homens, além de diversas mulheres como “arrimo de família” ou seja, que sustentam a casa com a sua renda. A partir dos dados levantados no cadastro sócio-econômico serão definidas as diretrizes para o enquadramento do tipo de regularização fundiária a ser seguida na área.

Além dos resultados do cadastro, foi apresentado o Levantamento Planialtimétrico Cadastral (LEPAC), simplificando as coisas, o LEPAC é uma planta da área feita com o auxílio de GPS, onde constam todas as medidas dos lotes, as casas existentes no local, os vizinhos e outras informações necessárias para que tanto a prefeitura como o cartório possam reconhecer e produzir os cadastros e as matrículas dos lotes da área.

Com o LEPAC pronto e a assembléia realizada, o próximos passo será a produção do projeto de regularização fundiária que deverá ser protocolado na Prefeitura Municipal de Diadema. Veja as fotos da assembléia: